Caminho de Assis   Cidades do Caminho

”Vade Francisco et repara domum meam”

Link: Vita e opera di Francesco

5° Etapa Camaldoli - Badia Prataglia - Biforco

5ª etapa Camaldoli – Biforco

Camaldoli – Badia

De Camaldoli existem duas possibilidades para se chegar a Badia Prataglia: 1) Da ermida se pode pegar a trilha 74, percorrer a crista da montanha passando por Giochetto (1129 m), depois subir ao Prato della Penna e Passo Del Fangacci 1234m), e daí descer a Cappano (1000M) e em pouco mais de um kilometro, se chega a Badia (mais ou menos 3 horas). Em caso de chuva o caminho alternativo é a estrada de Terra (um pouco mais longa) que flanqueia a trilha. 2) Do monastério: volta-se pelo caminho percorrido no dia anterior e depois do monastério vira-se à direita e pega-se a trilha CAI 72. Depois de haver atravessado a ponte sobre o fosso Camaldoli, na proximidade dos banheiros públicos assinalados como “Bagni”, há uma placa indicando o “Rifugio Cotozzo”. Tem início uma subida que continuará por mais de uma hora. Depois de mais ou menos 55 minutos, se chega ao Rifugio Cotozzo, pequena construção com uma lareira no interior. Aqui se encontram algumas tabelas indicando varias direções: se prossegue para Badia Prataglia. Depois de mais ou menos 20 minutos (1 hora e 20 minutos do início), se chega a Poggio Brogli onde se encontram mais algumas placas. Continua-se na direção de Badia e a partir daqui se inicia um trecho de falso plano com breves subidas e descidas. Pouco depois de Poggio Brogli há uma bifurcação: pegue à direita (os sinais branco-vermelhos são bem evidentes). Após 1 hora e 35 minutos da partida se encontra um córrego onde há um poste com uma placa onde se lê “proibida caça e pesca”; é necessário ultrapassar o córrego, encontrando o sinal branco-vermelho colocado além do fosso sobre o tronco de uma arvore à direita; daí procurar com paciência os sinais sucessivos (a trilha não é bem visível). Daqui e durante certo trecho o caminho está escondido por mato alto, mas se prestar bastante atenção, consegue-se encontrá-lo. A mais ou menos 2 horas do início, a trilha cruza com uma outra (CAI 66) com placa: vire à esquerda; imediatamente se encontra uma bifurcação: pegue a trilha à direita (a outra leva ao Passo Del Fangacci). Depois de 50 metros se encontram outras placas; aqui se vira á direita para Badia Prataglia. Depois de alguns minutos a trilha fica de novo escondida pelo mato alto. Procure com paciência pelos sinais nos próximos metros (não ficam bem visíveis quando o mato está muito alto). A 3 horas da partida se encontram duas placas indicando Camaldoli e Fangacci (falta a placa para Badia); vire a direita e, depois de mais ou menos um quarto de hora, se chega na localidade de Casanova (um grande edifício no momento desabitado). Pode-se prosseguir pela estrada de terra ou, melhor, imediatamente depois do edifício, se pode virar á esquerda por uma antiga trilha de mulas em descida íngreme que leva de novo à estrada de terra e depois à provincial. Depois de cerca de 3 horas e 30 minutos de Camaldoli, se chega a Badia Prataglia.

Badia – Frassineta

Da igreja de Badia se pega a via Eden, asfaltada e em descida; já aqui estão presentes os sinais branco-vermelho do CAI (trilha 73). Depois de algumas centenas de metros, se vira à esquerda por uma estrada também asfaltada assinalada como “La Casa – Il Romito”. Se supera a torrente Archiano no fundo do vale, seguindo sempre a sinalização branco-vermelha e se inicia a subida. A mais ou menos 25 minutos do inicio, encontra-se o único ponto duvidoso do percurso (de resto bem sinalizado): se encontra um sinal angulado, indicando uma mudança de percurso para a esquerda; não se deve prosseguir em frente nem tampouco pegar uma trilha muito evidente que surge à esquerda. Portanto atenção! Deve-se encontrar a trilha 73 (não bem visível no inicio) que está ainda mais à esquerda e alçando o olhar procurar o próximo sinal branco –vermelho, situado mais acima sobre uma arvore. A 1 hora de caminhada se percorre uma zona de erosões e segue-se em frente, sempre procurando o sinal seguinte. A 1 hora e 55 minutos do inicio se entra em uma estrada florestal (presença de duas cancelas de ferro) e depois de 15 minutos, se chega a um cruzamento de trilhas (localidade “Quatro Vias”) com placas indicando as varias direções: se prossegue para “Frassineta” a que se chega pouco mais de 2 horas depois de deixar Badia. O percurso é em grande parte á sombra e sem fontes. Em Frassineta se encontra uma fonte com água potável, à qual se chega descendo por uma estradinha asfaltada em meio ás poucas casas. Frassineta – Biforco De Frassineta se pega uma estradinha de terra na direção sul (no inicio há uma placa indicando Rimbochi 70). Depois de 20 minutos se deve rodear uma cancela metálica fechada. Depois de outros 6-7 minutos se encontra uma segunda cancela, que se deve abrir e meticulosamente fechar. Logo depois se vira á esquerda (placa Rimbochi) deixando à direita a trilha 71: a 35 minutos, mais ou menos, do inicio se chega à máxima altitude (893 metros – Passo della Forca). A 50 minutos da partida, há outra cancela para abrir e fechar; depois se vira à esquerda. A 1 hora e 25 minutos da partida, se chega a um emaranhado de estradas florestais: aqui se oriente pelos sinais branco-vermelho bem visíveis. A 1 hora e 40 minutos do inicio, em correspondência a uma curva da estrada florestal à esquerda (tabela indicando Rimbochi 0,15) se abandona a estrada prosseguindo em frente pela trilha. Depois de 5 minutos pode-se ver do alto a vila de Rimbochi: aí se perdem a sinalização branco-vermelha do CAI, mas não se preocupe porque todas as trilhas ou estradinhas levam à vila à qual se chega 1 hora e 55 minutos da partida. Continua-se subindo por Biforco (CAI 69) e em 15 minutos se chega ao refúgio (perguntar no bar pela Sra Fiorella)

Tempo de percurso: 7 – 8 horas

Next stopped

Tappe

Home